Início > Notícias >

Nota do presidente: Um olhar sobre conjuntura nacional

Nota do presidente: Um olhar sobre conjuntura nacional

Nota do presidente: Um olhar sobre conjuntura nacional

A instabilidade política e econômica no país afeta todos e fragiliza o nosso mercado, que caminhava para um processo de recuperação. Não é novidade que passaríamos por isso, visto os últimos acontecimentos políticos que retroalimentam a crise econômica. Basta olharmos para a flutuação cambial, volume de negócios na bolsa e para a própria realidade comercial de nossas empresas.

Há um clima de descontentamento geral de todas as classes. Não parece haver uma solução no curto prazo para problemas antigos como o combate a corrupção, uma legislação ultrapassada e um sistema tributário que não conversa com o potencial empreendedor do brasileiro.


Embora isso, somos um país de empreendedores! E não falo aqui de grandes empresários (em ordem de riqueza), mas sim daquela trabalhadora que deixou o trabalho para montar seu negócio, daqueles pequenos comércios, empresas de serviços e, puxando para a nossa realidade, aquele atendimento que resolveu montar sua própria agência. Só de "Simples e MEI" temos mais de 16 milhões de empresas, de acordo com dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Para empreender no Brasil é preciso estar muito motivado, principalmente em épocas tão escuras como essas.


Esta gestão assume o posicionamento de observação sobre os últimos fatos políticos ocorridos e suas potenciais consequências para nossa economia. Dentro disso entendemos que:


- O processo democrático e do estado de direito deve ser respeitado e preservado. Repudiamos ações violentas de qualquer lado e apostamos no diálogo, sobretudo na força da lei;
- A classe política precisa viabilizar meios de potencializar o crescimento econômico do país através de ações que necessárias e não populistas;
- É necessária uma reforma de médio e longo prazo seja feita de modo que molde novamente as estruturas de nossas instituições, para que não tenhamos uma máquina inchada, que consome mais do que deveria consumir e só resolve seus próprios problemas.


Erick Formaggio, Presidente da Abradi-RS, gestão 2017-2018

Compartilhar:

OUTRAS NOTÍCIAS

17
Abr

Chatbots em destaque na TVE-RS

O Programa Panorama, exibido pela TVE-RS na última quinta-feira (12) contou com a participação do… ver mais

16
Abr

Integrada Comunicação Total é a nova associada da Abradi-RS

Na última semana o presidente da Abradi-RS, Erick Formaggio, visitou a mais nova associada da… ver mais

06
Abr

ABRADI-RS reforça parceria com o SINAPRO-RS na construção do Guia Referencial de Valores 2018

Anualmente o Sindicato das Agências Propaganda no Estado do Rio Grande do Sul - SINAPRO-RS divulga… ver mais

05
Abr

Indústria criativa do RS articula calendário de eventos 2018

Um Happy Hour que reuniu representantes de diversos eventos do Rio Grande do Sul marcou, na noite de… ver mais

04
Abr

Abradi-RS lança campanha 2018 com foco na valorização dos serviços digitais gaúchos

A Abradi-RS lançou sua campanha institucional para o ano de 2018 intitulada “Digital… ver mais

X

Sua mensagem foi enviada com sucesso!